Denny fala sobre nova fase da sua carreira, saída foi motivada por amor e garante que não tem medo

O cantor já tem shows vendidos e entra em estúdio na próxima semana

O cantor Denny Denan se reuniu com a imprensa no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), para falar sobre a nova fase da sua carreira após anunciar a sua saída da Timbalada, grupo onde permaneceu durante 25 anos.
A apresentação da nova fase do cantor foi apresentada pelo jornalista Léo Pida, que contou um pouco sobre a história de Denny na Timbalada, que foi recebido com aplausos e começou agradecendo pela presença de todos, “a presença de vocês é o mais importante neste momento”, disse o cantor.
Sobre as especulações de desentendimentos, Denny fez questão de reafirmar várias vezes que não houve brigas, e que ele tinha o desejo de alçar outros vôos, de fazer mais coisas e estar à frente há quatro anos, mas nunca havia falado com ninguém, estava esperando o seu momento. "Desejo de alçar voo, desejo de poder fazer minhas coisas, de estar à frente. Quando você é de uma banda, o artista ele encontra pronto, tudo. Eu só tinha preocupação de subir ao palco e cantar. Mas eu sempre tive algo, nos bastidores, de querer fazer de uma camisa, até a direção de um show. Então foram várias coisas que me moveram. Sentia a necessidade de fazer o que estou fazendo agora. Vou te dizer que não foi insatisfação, não foi uma briga... apenas um desejo meu. De um tempo, confesso a vocês, de uns quatro anos. Embora o meu desejo não estava relacionado aos boatos de 'todo ano Denny sai da Timbalada'. Era um desejo meu, que eu ficava pra mim, nem pra minha mãe. Não tem essa coisa que Denny brigou com Carlinhos Brown ou com Gilson Freitas (empresário da banda), que o povo está falando. Gilson é massa. Um dos grandes empresários visionários da Bahia e do Brasil. Nada foi em cima de discussão, de brigas, apenas um desejo meu. Só isso", explicou.

Denny durante a coletiva (foto: Juci Ribeiro/Divulgação)
Questionado sobre a sua saída em carreira solo e reação de Carlinhos Brown, o cantor disse ainda que o que o motivou foi o amor, pela música e pela vontade de seguir seu sonho antigo e Brown o apoiou: "minha saída foi com amor. Eu saí da Timbalada com muito amor. A minha saída não foi conturbada, inclusive Carlinhos me ligou e desejou boa sorte, dizendo que sou um grande artista e que está torcendo por mim. A Cris, que é mulher do Gilson, me ligou desejando muita sorte também. Gilson também falou: 'Deus te abençoe, estamos juntos'", o cantor disse ainda que a Timbalada é como um ventre, ela descobre e gera pessoas. “A Timbalada é meu ventre, e formou também vários cidadãos”, concluiu Denny.
Sobre o atual momento, o cantor garantiu que não tem medo, “o momento certo é aquele que a gente sente, o momento certo é este que a gente está vivendo”, e ainda sobre o questionamento quanto a crise da música baiana, disse “não só o mercado da música baiana. Está duro pra todo mundo, mas se você está em casa, tomando água de coco, de perna pra cima, nada vai acontecer. Não tenho medo. Se eu tivesse medo, estaria na Timbalada hoje, porque era confortável na Timbalada. A única coisa que tenho medo é de acontecer algo com meu filho. Nem comigo tenho medo. O resto, vamos ai tocar, cantar e fazer as pessoas felizes.”.
Empolgado com seu novo momento, surpreendeu durante a coletiva mostrando 30 segundos da sua nova música de trabalho que ainda será apresentada. A canção é um reggaeton com a batida percussiva, que é característica de Denny, “eu sou um cantor de percussão, eu sou percussionista, eu vou cantar percussão”, afirmou.
Na próxima semana o cantor entra em estúdio para gravar seu EP, e adiantou que vai ter a participação de uma grande artista. O cantor já tem quatro shows fechados em agosto, outros dois em dezembro, vendidos “no escuro”, logo que anunciou a sua carreira solo, além de estar em negociação com bloco e camarote, para o Carnaval de Salvador 2018. Denny também afirmou a sua vontade de realizar ensaios de verão.
Alguns músicos da Timbalada vão seguir carreira com Denny, e o cantor garante que vai continuar cantando músicas do grupo, e imprimindo a sua identidade no trabalho.

FONTE: ERICA COTTA/SUA MUSICA
Compartilhar no Google Plus
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial