Claudia Leitte: uma mulher de fé! A cantora comentou sobre a intolerância religiosa

A cantora agitou a platéia do Encontro com Fátima Bernardes e falou sobre fé

Além de ser conhecida pela sua alegria e alto astral, pela sua música, por arrastar multidões por horas a fio em um trio elétrico, e entre tantas outras coisas, Claudia Leitte é reconhecida também como uma mulher de fibra e fé!

(foto: reprodução)

A cantora que sempre pregou o amor ao próximo e nunca negou a sua fé, pelo contrário, sempre a demonstra através de mensagens na sua rede social, em momentos dos seus shows, e por qualquer lugar por onde passa, esteve no programa Encontro com Fátima Bernardes na última quinta (24), e além de agitar a platéia com os seus sucessos e apresentar sua atual música de trabalho, Baldin de Gelo, Claudia comentou sobre a intolerância religiosa, que foi o tema do programa.
Embora com o seu lado espiritual bem visível, Claudia Leitte disse que não pertence a uma religião. "Existe uma necessidade muito grande de colocarem rótulos na gente. Jesus veio ao mundo e não deixou rótulos. Ele não disse: 'A religião certa é essa; siga'. Ele disse: 'Eu sou o caminho, a verdade e a vida'", definiu a cantora. Claudia também destacou que não só as crenças de cada um, mas que todo ser merece ser respeitado independentemente de dogmas, "Ele é o salvador para mim, eu acredito Nele. Eu acho que isso merece respeito, assim como qualquer ser humano do mundo merece respeito", concluiu.

"Saindo da fazenda pro show! Arco-íris é sinal da aliança de Deus conosco!" escreveu a cantora na legenda da imagem em sua rede social (foto: instagram)

Quem acompanha a cantora, sabe como ela defende o amor, prega o perdão e ama demonstrar sua fé e falar sobre Deus. E ainda durante o programa globa, Claudia comentou mais um fato a cerca do cristianismo e de que as pessoas vão errar, mas que ainda assim, existe o perdão "o tempo dEle é o tempo certo. O tempo da descoberta dEle, para entender o outro, para amar, para chorar, é necessário respeitar este tempo. Então ele veio! Ele já veio, Ele passeou como gente, Ele passou na carne para mostrar que vamos pecar, mas existe salvação; para mostrar que a gente pode resistir ao pecado. Ele ama, ele não fez distinção. Ele pregou para todo mundo sem internet e sem microfone. Estamos em 2017 depois de Cristo. Ele é o cara", disse ela.
Recentemente em outra entrevista, para a revista Quem, a cantora também comentou sobre este lado espiritual e de como a fé influencia no seu dia a dia “Eu sou uma mulher muito forte. Emocional e espiritualmente. Não sou religiosa, sou de fé. Meu orar é espontâneo. Eu falo: ‘Como o Senhor é maravilhoso! Tanta coisa linda que o Senhor criou’. Nenhum problema pode ser maior do que tudo o que Ele fez. Meu pensamento flui, penso no céu lindo, no dia maravilhoso. Digo: ‘Te amo Deus, você é muito fofinho. Sei que vou fazer um monte de cagada e errar, mas me ajuda a corrigir, a perdoar. A não ir até o final nas cagadas e me oriente. Seja dono do meu dia, dos meus filhos e de todas as pessoas que amo’”.

Claudia e Fátima Bernardes (foto: reprodução/GShow)


FONTE: ERICA COTTA/SUA MUSICA
Compartilhar no Google Plus
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial