Nova música de Felipão é baseada em história real. Ouça agora!

Nome da música é "Por três meses"
Além de cantar, Felipão também sempre se dedicou a compor novas músicas, tanto em sua carreira no Forró, como no Gospel. Ele agora compôs uma nova música que já emocionou muita gente, a música se chama "Por três meses" e tem uma linda história por trás.
Baseada em fatos, a canção se inspirou na história de um casal que se conheceu em um hospital. Uma mulher precisou ser internada e seu marido, com quem estava casada há seis anos, a abandonou. Um técnico de enfermagem foi o responsável por cuidar dela e os dois acabaram se apaixonando. Escute a música abaixo e entenda melhor a história.

Abaixo, confira a história em texto
“Me chamo Shayenne, tenho 25 anos. Eu era uma menina independente, trabalhava muito e era casada há seis anos, e em setembro de 2015 fui internada com problemas de saúde, onde permaneci 90 dias internada e 60 deles estive na UTI, onde passei por paradas cardíacas, respiratórias e renal, entre outros procedimentos pesados. Ainda na UTI, meu até então esposo me abandonou. Durante todo esse período de internação havia um técnico de enfermagem que cuidava de mim e sempre dava muito apoio a minha mãe, que não me deixava um só dia. Ele sempre a dizia o quanto eu era linda e que eu iria ficar boa, mas devido eu estar sempre sedada, não tínhamos contato algum de conversa. Então chegou o grande dia da alta, e ele veio se despedir. Tudo que não conversamos em três meses conversamos em três horas, ele era incrível e nos identificamos muito. Vim para casa sem andar, escurinha por conta da medicação, sem a visão esquerda e enxergando pouquíssimo da direita. Sabia que não veria mais ninguém do hospital, porém como minha mãe ficou bastante próxima do técnico em enfermagem, eles mantiveram contato, até que aos três meses que eu havia tido alta, um dia ele a perguntou se poderia me fazer uma visita, minha mãe muito receosa por conta que eu não estava querendo receber ninguém, me perguntou o que eu achava, eu disse que não havia problema e assim foi feito. Minha mãe preparou um almoço e depois passamos a tarde conversando, eu sempre muito envergonhada por precisar de ajuda até para ir ao banheiro. Quando já estava pertinho dele ir embora ele me beijou, fiquei sem ação, mas retribui. No meio dá semana seguinte conversávamos e ele me perguntou se eu aceitava namorar com ele e mais uma vez fiquei paralisada, um rapaz jovem, bonito querendo namorar com alguém tão limitada só podia ser brincadeira, e falei isso pra ele, então me respondeu: 'Me apaixonei por você desde a primeira vez que te vi, dando entrada no hospital.'"
FONTE: SUA MUSICA
Compartilhar no Google Plus
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial