Valesca lança clipe 'Desce Um Gin' em boate na Vila Mimosa

Cantora recebeu amigos e famosos na Casa Mosaico, no Rio de Janeiro
Valesca Popozuda reuniu amigos e convidados na noite desta quinta-feira (08) na Casa Mosaico, que fica na Vila Mimosa, no Rio de Janeiro, para o lançamento de seu novo clipe "Desce Um Gin", que conta com a parceria do MC TH.
Acompanhada de seu filho Pablo Gomez, a cantora apostou num look belíssimo e personalizado, em sua blusa Valesca tinha a frase: "I am Popozuda", que significa "eu sou Popozuda". A ideia de escolher o mesmo local onde o clipe foi gravado para receber o lançamento, veio da própria cantora que visou mostrar um outro lado de um ambiente que muitas vezes é tratado com preconceito por muitos.

(Reprodução/Divulgação)

Em conversa com o Sua Música, Valesca falou da felicidade do novo trabalho e da alegria de ter convidados como MC RaelLaryMC Maneirinho e também o DJ e amigo Marlboro, e também o parceiro da música, MC TH, com quem a cantora sempre quis gravar."Eu pedi ao Rael, para ele fazer uma música falando sobre o Gin pra mim, porque comecei a prestar atenção em como essa bebida estava em alta nas boates e vi que a música ia pegar, e aí ele falou que seria legal ter um homem na música e na hora pensei no TH que era um menino incrível que eu sempre quis gravar", revelou ela.
Com o lançamento no Dia Internacional da Mulher, a cantora revelou que ao decidirem a data, não havia prestado atenção que seria exatamente nessa data tão forte. "Quando escolheram a data eu nem tinha me ligado e depois quando reparei, pensei que incrível, é nosso dia. E estar aqui dando voz a essas meninas, mostrando que não é não, dar essa voz para elas que me receberam super bem e que muitas vezes sofrem preconceito", contou.

A cantora ainda fez questão de frisar que a principal intenção desse clipe foi combater o preconceito com o local e com as pessoas que ali trabalho. "Falam muito daqui ser um reduto de prostituição, mas ninguém olha a história que tem por trás, muitas dessas meninas tem faculdade, mas não possuem a oportunidade de exercer a função e aí dão seu jeito. É o corpo delas, é preciso acabar com esse preconceito", enfatizo.
FONTE: SUA MUSICA
Compartilhar no Google Plus
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial