Wanessa Camargo posta mensagem de apoio à comunidade LGBTQI+

A cantora celebrou o Dia Internacional de Combate à LGBTfobia

Não é de hoje que a cantora Wanessa Camargo é considerada musa pelo pelo público LGBT no Brasil desde os seus tempos de música eletrônica, passando pela sua fase sertaneja. Agora, mais uma vez no Pop, a eterna neta do Sr. Francisco fez questão de se pronunciar sobre o Dia Internacional de Combate à LGBTfobia – que aconteceu na quinta (17/5).
Ao ser perguntada por um fã sobre artistas que se servem da causa como forma de obter lucro, Wanessa esclareceu: "pink money é um assunto muito sério e deve sim ser pautado. (...) Eu faço o meu trabalho honestamente e claramente. E a música faço por amor, não por negócio" publicou a cantora em seu Instagram.
Confira a Postagem!

(Reprodução Instagram)

O dia 17 de maio é celebrado pela comunidade LGBT porque foi nesta data, há 28 anos, que a Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou a homossexualidade de sua lista de distúrbios mentais. Ou seja, a orientação sexual deixou de ser tratada como doença pela entidade.
Leia o texto de Wanessa na íntegra:
“É muito gratificante pra mim poder ser, para algumas pessoas da comunidade LGBTQI+, uma porta-voz! Eu realmente me sinto privilegiada por poder usar a minha imagem, a minha música e a minha visibilidade para levar uma mensagem que é tão representativa…
E quando eu digo isso, não falo apenas como uma artista ou uma pessoa pública, mas como uma cidadã – porque pra mim isso é uma missão. É o mínimo que eu posso fazer se eu quero que a nossa sociedade evolua.
É muita gente sendo oprimida por causa de uma parcela da sociedade que não quer sair da sua zona de privilégio, que se baseia na ignorância e no ódio para limitar e até mesmo vetar o direito do outro. A comunidade LGBTQI+ representa uma revolução”.
FONTE: SUA MUSICA
Compartilhar no Google Plus
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial