A volta por cima da Saia Rodada

Banda teve auge, queda e agora volta a ser um dos maiores sucessos do Forró
Não são muitas as bandas que conseguem chegar ao auge, cair e voltar ao sucesso absoluto. Muitas acabam caindo no esquecimento, outras encerram os trabalhos, algumas continuam fazendo shows, mas longe do sucesso de outros tempos. A Saia Rodada, como uma banda com quase duas décadas de existência, passou por algumas dessas fases. Atualmente o grupo potiguar é um dos principais do meio forrozeiro, mas nos últimos anos a história foi bem diferente e hoje nós iremos falar um pouco sobre isso.
O início da história
Como a maioria dos fãs sabe, a banda começou em 2001 e desde lá teve em Raí o seu principal vocalista. Claro que o sucesso nacional não chegou de repente, mas logo no início o grupo já atraia um bom público no Rio Grande do Norte, estado que sempre se orgulhou da banda que leva seu nome por todos os lugares.
Os primeiros CDs da banda eram formados por músicas de outros artistas regionais e nacionais. Por exemplo, o primeiro e segundo CDs tiveram músicas de Reginaldo Rossi, Jorge Aragão, Raça Negra, Geraldo Azevedo e muitos outros artistas. As faixas, em sua maioria, eram de canções mais românticas. Foi no volume 3 que isso começou a mudar um pouco, o CD foi dividido quase que meio a meio entre músicas românticas e faixas de duplo sentido, em uma época que esse estilo vinha fazendo um sucesso enorme. Foi com a música "Melô da Corrinha", ou "Forró do Bujão", que a banda começou a ser mais conhecida fora do Rio Grande do Norte. A música foi um dos primeiros divisores de água da Saia Rodada, por mais que não fosse uma faixa exclusiva deles. Escute abaixo.
Vale lembrar que apesar de focar em músicas de duplo sentido, devido ao enorme sucesso na época, a banda continuava com um repertório bem mesclado com várias músicas românticas. Outras bandas seguiam o mesmo estilo, como a Aviões do Forró com uma música que fez enorme sucesso, chamada "Não é nada disso que você está pensando".
A banda seguiu crescendo pela região Nordeste, quando em 2005 alcançou o seu primeiro grande sucesso nacional, anda na linha das músicas de duplo sentido que continuavam em alta, apesar de terem caído um pouco. A música era a famosa "Coelhinho", que saiu no primeiro DVD oficial da bandam gravado em Recife. Assista abaxo.
Foi nesse ano que começou uma sequência que levou a Saia Rodada ao auge. Neste mesmo DVD acima, músicas como "Virou minha cabeça", "O que tem que ser, será", "Ponto final", "Mudança radical", "Amar você é tão bom", "Quer casar comigo", "Swing louco" e muito mais fizeram enorme sucesso pela região, deixando a banda como uma das principais do ritmo e é aí que fazemos um paralelo entre 2018 e este primeiros anos de grande sucesso.
Recentemente a banda assinou com a Som Livre, mas esta não é a primeira vez, a banda já fez parte do casting da gravadora justamente após o lançamento do primeiro DVD. E foi com a Som Livre que a Saia Rodada lançou seu segundo DVD, também em Recife-PE. O DVD emplacou sucessos como "Eterno amor", "Só pra você", "Filme de amor", "Promessas de amor", "Tô nem aí", "Você não vale nada, mas eu gosto de você", "Lapada na rachada" e muito mais. Foi também neste DVD que a banda incluiu um pouco da Saia Elétrica, projeto que teve início em 2005 e que foi levado para praticamente todas as bandas de Forró da época, fazendo com que os grupos também fizessem um número maior de shows durante o Carnaval.
Em 2007 esse auge continuou e a banda lançou o que, até então, era considerado o maior sucesso de sua carreira, a música "Beber, cair e levantar". A música foi uma das mais tocadas nas rádios do Brasil, tinha um grande número de acessos no YouTube em uma época em que a plataforma ainda era jovem e fez a banda rodar o Brasil.
Esse auge da banda durou de 2005 a 2008, com shows na Avenida Paulista durante o Réveillon, turnê pela Europa, apresentações em rede nacional, shows no Galo da Madrugada e no Carnaval de Salvador e muitas outras coisas que atestavam o quanto a banda estava "Estourada", mas foi a partir deste momento que a banda foi decaindo, desde o lançamento de seu terceiro DVD, gravado em Maceió-AL.
Vale lembrar que após o segundo DVD, a Som Livre  ainda lançou uma edição especial que misturava sucessos do primeiro e segundo DVD, devido ao enorme número de vendas do trabalho anterior.
Voltando para o terceiro DVD, ele tinha várias músicas boas e que fizeram um relativo sucesso, mas a divulgação deixou a desejar, novas bandas foram caindo no gosto do público e era uma época onde um novo fenômeno estava começando a crescer cada vez mais. Estamos falando da Garota Safada, que de 2007 a 2010 teve um crescimento absurdo no meio forrozeiro.
A Saia Rodada continuou fazendo seus shows normalmente nos anos seguintes e inclusive lançando CD oficial. A banda tinha lançamentos de muita qualidade e músicas excelentes, mas que não rendiam o esperado, pois muita gente sequer sabia que a banda ainda existia. Isso foi algo que o próprio Raí comentou em uma entrevista recente em Recife-PE. De acordo com o cantor, em suas redes sociais muita gente perguntava se a Saia Rodada ainda existia, pois não se ouvia mais falar deles.
Nesse meio tempo, muitos vocalistas entraram e saíram da banda, que sempre manteve Raí como seu nome principal e até os dias atuais um símbolo do grupo. De 2009 até 2017 a banda continuou com seus shows pelo Nordeste e com ótimos lançamentos, mas sem ter a mesma relevância dos anos anteriores.
Foi em 2017 que o jogo começou a virar novamente. Em um projeto ambicioso, para muitos a última chance da banda voltar ao sucesso, eles gravaram o DVD Saia Paradise. O DVD contou com músicas como "Apaga a luz e vem deitar", "Quero sentir de novo", "Hoje eu não vou trabalhar", "Quero sentir de novo" e muito mais.
Clique no botão abaixo para fazer o download do áudio do DVD
O início dessa retomada veio com a música "Apaga a luz e vem deitar", que fez um grande sucesso pelo Nordeste.
Daí em diante, a banda conseguiu emplacar vários outros sucessos. Além das músicas citadas acima, outros hits foram: "Nunca vai ser eu", "Sou favela", mas recentemente "Cabeça voando" e o mais emblemático deles, a música "Filho do mato", que já tem mais de 50 milhões de visualizações no YouTube.
Além disso, o Sua Música também teve um papel fundamental na retomada da banda. Os seus últimos dois CDs promocionais entraram para o Top 5 de promocionais mas ouvidos na história da plataforma. Um com mais de 20 milhões e outro próximo da marca.
Com todo este sucesso, a Som Livre decidiu retomar a parceria que havia feito mais de dez anos antes com a banda Potiguar e o clipe da música "Cabeça voando" já foi ao ar com o selo da gravadora.
Ainda não se sabe quais serão os projetos futuros da banda, mas provavelmente deverão ser colocados em prática a partir de 2019.
Este foi um pequeno resumo da trajetória da Saia Rodada, que teve seu início de sucesso local, chegou a toda região, conquistou o Brasil em um período e depois caiu no esquecimento de grande parte do público. Mas após anos, a banda soube se reinventar e se modernizar, alcançando novamente o sucesso que poderia ter mantido desde os anos 2000.
FONTE: SUA MUSICA

#NORDESTE #FESTAS #DIVULGAÇÕES #AGENDA #FORRO #SERTANEJO #AXÉ #PAGODE #SAMBA #FUNK #SERGIPE #BAHIA #ALAGOAS #PERNAMBUCO #RIOGRANDEDONORTE #CEARA #MARANHÃO #PARAIBA #PIAUI
Compartilhar no Google Plus
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial